Translate the blog to your language!

sábado, 1 de agosto de 2015

Defesa Pessoal – Dicas de Stephen K. Hayes

Sinais sutís do ataque

Por Stephen K. Hayes

To-Shin-Do-Stephen-K.-Hayes-9-300x225Visto que o To-Shin Do é uma busca realista para a violência nas ruas, temos que levar em consideração muito mais coisas do que artistas marciais esportivos fazem. Em um ringue, você sabe o motivo do outro cara estar lá. Vocês concordaram em desafiar suas habilidades em luta. Tudo o que precisa fazer é ser o melhor ou mais astuto lutador.

Nas ruas, as coisas são mais complexas. Você pode primeiro ter que decidir se uma lutar irá acontecer. Então, você tem que fazer com ela termine o mais rápido possível. Então, sair imediatamente do local.

Estava conversando com alguns amigos policiais sobre os sinais de aviso que acontecem um pouco antes de que algo aconteça. Aqui está um resumo de nossas conclusões.

Novamente, não há necessidade disto em uma luta; você sabe o porquê de o outro cara estar lá. Mas, na rua, isto se torna uma importante preparação. Veja com quanto se identifica.

O ataque não é iminente, mas possível

Water-Striking-ThumbSe você for confrontado por uma pessoa que apresenta estes sinais, a consciência e as estratégias de defesa pessoal devem estar em alertas. A distância pode ser criada. Sua linguagem corporal deverá ser confiante mas não ameaçadora. E OK, realisticamente, você deve estar preparado para deixar a pessoas descarregar verbalmente.

· Cabeça, pescoço e ombros voltados para trás (a pessoa tentando parecer maior)

· Rosto vermelho, contraído, repuxado

· Os lábios para trás, dentes apertados (você vê a mesma coisa em cachorros antes de atacar)

· A respiração está rápida e superficial (oxigenando o corpo para a luta, surto, muito alerta)

· Gotas de suor aparecem no rosto ou pescoço

· Olhar penetrante

· Movimentos exagerados

· Dedo apontado e a cabeça mexendo

· Ignroando totalmente você

· Dando-lhe excessiva atenção durante uma conversa normal; contato visual ininterrupto

· Indo de total não-cooperação para cooperação total (pessoas normais não vão do frio para o quente; elas vão se acalmando ao longo do tempo)

· Direciona a raiva para objetos inanimados como meses, cadeiras ou paredes

Ataque iminente, aí vem ele

improvised-weapons-cell-phone-thumbnailPor outro lado, neste grupo de sinais, você tem cerca de um ou dois segundos para agir antes que o agressor ataque. Se conversar não funcionou, então recorreria a uma abordagem como uma primeira batida e continuaria com uma combinação de ataques até que seu agressor não apresente mais um risco.

· O rosto vai do vermelho ao branco (durante uma confrontação física, o sangue deixa a superfície do corpo e vai para os grandes músculos e órgãos internos necessários para a sobrevivência)

· Lábios se apertam sobre os dentes

· A respiração é rápida e intensa

· Mudança de postura, seu corpo se posiciona e os ombros descem

· As mãos se fecham em punhos (pode se ver as juntas ficarem brancas devido a força com que são fechadas)

· Balança-se para cima e para baixo ou se movimenta para frente e para trás nos pés (é a forma com que o corpo se movimenta para ocultar ou mascarar o movimento inicial de um primeiro golpe)

· Olhar para o alvo (o adversário olha para onde vai bater, ou para onde vai correr ou escapar)

· Coloca a cabeça e o queixo para baixo (o corpo quer proteger a passagem de ar)

· As sobrançelhas se franzem (novamente o corpo quer proteger naturalmente o sistema visual)

· Para todos os movimentos e congela no lugar

· Baixa o centro ou baixa o corpo (não diferente de um gato ou cachorro pronto para dar o bote)

· Tira roupas (muito comum, o atacante irá tirar o chapéu, casaco, camiseta ou bolsa antes de atacar)

Resposta monossilábicas (de sentenças inteiras para resposta monossilábicas, como um cérebro de um réptil)


an-shu-thumbnail1. Stephen K. Hayes – Considerado o introdutor do Ninjutsu no Ocidente. É escritor de diversos livros sobre o assunto e atualmente coordena uma ramificação do Ninjutsu chamada To-Shin Do.